Ecocomunidade, Agroecologia, permacultura, cursos e vivências

 

O projeto Soluna está situado atualmente em um sítio arrendado! Então nossa experiência e vivências praticadas neste local é transitória e passageira, porém temos planos de estender esse projeto para outros lugares.

A ideia para a continuidade do Soluna é aproveitar todos os ensinamentos e recursos adquiridos aqui, para no futuro levar um projeto sólido de reflorestamento, permacultura e agroecologia para um sítio que ja possuimos, que fica localizado numa pequena comunidade assolada pela monocultura, no norte do RS! 

 

Este é apenas o inicio de um projeto de vida, de reflorestamento e trabalho para a Terra e as futuras gerações.

Contamos essa história pois se você já morou, visitou como hóspede ou como voluntário, com certeza  já ajudou a plantar uma árvore nesse projeto para um novo futuro! E a mesma coisa acontece com quem pensa em vir morar aqui nos periodos de baixa temporada ou se hospedar nos próximos verões! 

Direta ou indiretamente sua estadia e vivencia no soluna, contribui com a possibilidade de reflorestarmos uma area asolada pela inconsciencia humana, causada pelo distanciamento com a natureza.

 

Ecocomunidade:

Durante 10 meses do ano (março à dezembro) recebemos moradores e formamos uma comunidade com pessoas que querem experienciar a vida coletiva e o contato com a natureza. Há a possibilidade de ter contato com agroecologia, permacultura, bioconstrução, sistemas agroflorestais, e demais vivências pertinentes ao projeto. 

A pessoa que vem morar aqui pode nunca ter vivido em uma ecovila ou comunidade alternativa! Então este é um espaço para experienciar como é uma vida coletiva.

E se por acaso a pessoa já tiver experiência em vida em comunidade, terá sua experiência agregada! 

O tempo máximo de permanência como morador da comunidade é de 10 meses (necessário saída final de dezembro). Porém a pessoa pode retornar no próximo ciclo da comunidade! Não é necessário ficar 10 meses, porém o mínimo é de 1 mês de permanência.

Há uma série de acordos coletivos e regras a serem seguidas para um convívio harmonioso aqui no Soluna! 

 

Como posso morar no Soluna? 

Através de aluguel mensal! Valores variam conforme a acomodação. Em 3 anos conseguimos trabalhar com preços inclusívos (talvez um dos mais acessíveis da ilha).  Valores sempre são divulgados junto com o anúncio da vaga nas redes sociais e aqui no site! Fique de olho!!

 

Agroecologia:

Temos 12 tanques de horta e amplos espaços de plantio agroflorestal. Esses trabalhos são recentes aqui no sítio e estão em fase de testes, porém, no nosso primeiro plantio tivemos uma colheita que superou todas as expectativas! 

Todas as mãos que querem ajudar nessa implementação agroecológica são bem vindas!  Aqui trabalhamos a AGRICULTURA VEGANA! Não usamos insumos de origem animal para adubar nosso solo. Quer saber mais sobre esse tema? Visite nosso instagram ou siga o @tymbae! Lá são compartilhadas informações chave para entender a problemática de se usar insumos animais na agricultura de forma geral.

 

Permacultura

Introduzimos algumas práticas permaculturais no nosso cotidiano, como bioconstrução, ciclagem de nutrientes (biofiltros e compostagem), cultivo orgânico e vegano de alimentos. Atualmente há 4 bioconstruções realizadas no sítio! 

Projeto lixo zero, onde todos os residuos gerados aqui, não são descartados sem antes seguirem os 3R's (Reduzir, Reutilizar, Reciclar). Utilizamos os residuos plásticos por exemplo, para fazer os ecobrick's que serão utilizados em futuras biocontruções... entre outras atividas que co-relacionam a permacultura e a ecologia prática.

Cursos e vivências

O Soluna espaço veg serve de espaço para realização de cursos e vivências! Oficinas de Horta orgânica e permacultura vegana, reciclagem, culinária, dança, entre outras.  

Aqui também é um espaço de honraria a natureza! Cerimônias de medicinas da floresta ao redor da fogueira são realizadas com total respeito e intenção bem qualificada! Cantos, rezos e música embalam esses momentos simples e necessário nos dias de hoje para restabelecer a conexão das pessoas com a terra!